0800 707 2003
0800 707 2003

Ir para o conteúdo. Ir para a navegação

Imagem
Home > Fale com o MDS > Perguntas Frequentes > Bolsa Família > Cadastro Único > Gestor > Sistema do Cadastro Único - Versão 7
Imagem

Sistema do Cadastro Único - Versão 7


Como é o sistema do Cadastro Único – Versão 7.0?

O Sistema do Cadastro Único, V7 consiste em uma versão online na qual os gestores municipais poderão fazer a inclusão ou a manutenção, alteração e/ou exclusão dos dados das famílias diretamente na base nacional do Cadastro Único.

Com a implantação deste Sistema do Cadastro Único, as bases locais deixam de existir, bem como todas as atividades que atualmente os municípios precisavam realizar para a operacionalização do Sistema off-line, como extração de arquivos, transmissão para a base nacional e importação de arquivos-retorno.

Como é a disponibilização do novo sistema aos municípios?

Por se tratar de um sistema que traz grandes mudanças nos conceitos e nos processos operacionais do CADÚNICO, este sistema será disponibilizado para uso dos municípios de forma gradual, por meio de três módulos distintos. Dessa forma, os gestores poderão se familiarizar com o novo sistema ao mesmo tempo em que as novas funcionalidades serão testadas pelos municípios, de modo a não impactar nos processos do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família.

Quais os módulos do novo Sistema do Cadastro Único?

Versão 7.1 – Módulo de Consulta: Permite realizar apenas consultas na Base Nacional dos dados das famílias cadastradas no Cadastro Único. Ou seja, permite buscar uma pessoa ou família na Base Nacional por meio de três critérios:

- Código da Família,

- NIS e

- Integrante da Família.

Versão 7.2 – Módulo de Manutenção: Permite efetuar a inclusão, alteração, exclusão, troca de Responsável pela Unidade Familiar (RF), transferência de pessoas ou de famílias. Serão disponibilizados nesta versão novos filtros de consulta para famílias em cadastramento e famílias sem registro civil.

Versão 7.3 – Relatórios, Mensageria, Base Municipal: Permite gerar relatórios sintéticos e analíticos para gestão dos dados cadastrados. Neste módulo serão disponibilizadas também as funcionalidades de envio de mensagem pelo MDS aos municípios e a geração da base TXT.

Como acessar o Módulo de Consulta – Versão 7.1?

Para ter acesso ao Módulo de Consulta - Versão 7.11 do Sistema Cadastro Único, o município deverá solicitar às agências ou filiais da CAIXA o cadastramento de Usuário Master do município, que será o responsável por cadastrar os usuários municipais. Esta solicitação deve ser realizada nos dez dias que antecedem a implantação do módulo de Consulta no seu município, conforme o cronograma de implantação.

Para mais informações sobre o Módulo de Consulta e orientações sobre o passo a passo para cadastramento do Usuário Máster, é necessário consultar a Instrução Operacional nº 35 de 15 de abril de 2010 publicada pela SENARC.

É necessário apresentar a cópia do Termo de Adesão para obter acesso ao sistema da Caixa (SIBEC e Cadastro Único V7)?

Em razão de problemas técnicos ocorridos no SIGPBF, alguns dos novos Gestores estão com dificuldade para receber as novas senhas de acesso após a validação pelo MDS da Solicitação de Mudança de Gestor. Temporariamente, os novos Gestores podem apresentar à agência de relacionamento da CAIXA do município, em vez da cópia do termo de adesão municipal, a cópia da Solicitação de Mudança de Gestor assinada pelo prefeito e encaminhada ao MDS.

Este procedimento visa garantir a possibilidade de que o novo gestor possa se habilitar para realizar o seu cadastramento para acesso aos sistemas da CAIXA (SIBEC e Cadastro Único V7), além de habilitar os novos técnicos da gestão local. Este cadastramento é feito por meio da Ficha de Cadastramento de Usuário Externo (FICUS), que deve ser obtida junto à CAIXA.

Adicionalmente, o MDS demandou à CAIXA que, após a regularização dos problemas de obtenção de senha pelos Gestores Municipais, a regra definitiva para a solicitação de acesso aos sistemas da CAIXA não mais exija a apresentação da cópia do Termo de Adesão ao Programa Bolsa Família, mas sim a apresentação da Certidão de Adesão Municipal, que pode ser impressa no acesso restrito do SIGPBF.

Como deverão proceder, os municípios que já realizaram o preenchimento da FICUS (Ficha de Cadastramento de Usuário) para acesso ao Módulo de Consulta da V7, entregaram a CAIXA, mas ate o momento não receberam nenhuma outra orientação?

Conforme mencionado na Instrução Operacional Nº 35, de 15 de abril de 2010, apos o usuário Master entregar a FICUS devidamente preenchida na agencia da CAIXA, ele receberá uma ficha protocolada que comprova o inicio do seu cadastramento.

Em ate 48 horas o usuário recebera um e-mail da CAIXA com informação sobre o seu cadastramento e uma solicitação de que seja acessado um link para a geração de sua senha.

Caso o usuário já tenha sido cadastrado anteriormente e esteja com problemas de acesso à V7, orientá-lo seguir os passos descritos no Informe Gestor Nº 308.

ATENÇÃO: Os anexos da IO Nº 35 estão disponíveis na antiga página do Programa Bolsa Família:

www.mds.gov.br/programabolsafamilia/menu_superior/legislacao_e_instrucoes/instrucoes-operacionais-1/.

Após acessar o endereço, clicar em “Acesso os anexos da IO Nº 35”.

Quais os requisitos para a migração para a Versão 7.3 do Cadastro Único?

Para ter acesso ao novo sistema, é necessário que o município possua um ambiente tecnológico e conceitual adequado, que lhe permita desenvolver de forma satisfatória os trabalhos com a Versão 7.3 do Sistema de Cadastro Único.

Dessa forma, para que seja possível a mudança de versão, é necessário que o município atenda aos seguintes requisitos:

- Infraestrutura de conectividade – O MDS recomenda que a conexão mínima de banda larga para internet seja de pelo menos 1 MB para cada local onde se necessita ter acesso ao Sistema, que poderá ser compartilhado por três computadores. Os municípios que atenderem a este requisito serão priorizados na migração para a versão 7.

- Capacitação sobre novo formulário – Formação dos entrevistadores municipais sobre o preenchimento do novo formulário com o objetivo de garantir que as informações coletadas reflitam a realidade das famílias e pessoas cadastradas, da forma mais fidedigna possível. Essas capacitações possibilitam uniformizar o entendimento de todos os entrevistadores acerca dos novos conceitos necessários à realização da entrevista com as famílias e ao preenchimento dos novos formulários do Cadastro Único.

- Capacitação operacional – Formação dos técnicos municipais sobre a Versão 7.3 do Sistema de Cadastro Único. A capacitação operacional tem sido ministrada pela CAIXA, com o acompanhamento do MDS, e seguirá a mesma linha didático-pedagógica da capacitação para o novo formulário.

- Acesso ao novo Sistema – A gestão municipal deverá ter cadastrado o pelo menos um Usuário Máster de sua prefeitura para o acesso ao novo Sistema de Cadastro Único, conforme as orientações constantes na Instrução Operacional nº 35, publicada em 15 de abril de 2010.

Qual a configuração mínima dos computadores para a nova versão do Aplicativo do CADÚNICO?

Para esta nova versão do Aplicativo, os computadores deverão ter:

- Processador Core 2 Duo de 1,0 GHz ou equivalente;

- 2 GB de Memória RAM;

- Disco Rígido SATA de 160GB;

- Monitor de “17” LCD ou CRT;

- Mouse;

- Teclado ABNT-v2 compatível com sistemas operacionais Microsoft Windows Vista e/ou Linux kernel 2.6 ou versões superiores.

Como o funcionamento da Versão 7.0 será online, os municípios não poderão mais usar o aplicativo off-line para digitar os cadastros. Isso significa que, para manter as atividades de cadastramento, o município terá de ter acesso à Internet nos computadores utilizados para atividades de digitação de dados do CADÚNICO. O acesso discado à Internet não é recomendado, pois pode provocar lentidão e dificuldades em digitar e transmitir as informações.

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e a CAIXA irão apoiar os municípios que ainda não dispõem da oferta de Internet banda larga em sua localidade para possibilitar a implantação da versão 7.0. Os municípios podem, também, utilizar os recursos financeiros transferidos com base no Índice de Gestão Descentralizada (IGD) para viabilizar a modernização dos equipamentos e contratação de serviços de acesso à Internet banda larga. É fundamental que o município tome todas as providências necessárias para não ocorrer nenhuma descontinuidade nos processos do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família.

Quais as providências necessárias para a interrupção das atividades de cadastramento e atualização realizadas por meio do Aplicativo off-line do Cadastro Único – Versão 6.05 e o início das atividades na Versão 7 do Sistema de Cadastro único?

O mês em que o município realizou a capacitação operacional marcará o início do seu processo de migração, pois, até o mês seguinte ao da capacitação operacional, a gestão municipal deverá tomar todas as providências necessárias para a interrupção das atividades de cadastramento e atualização realizadas por meio do Aplicativo off-line do Cadastro Único – Versão 6.05 e o início das atividades na Versão 7 do Sistema de Cadastro único, conforme o fluxo :

- Identificar todos os formulários atualizados que ainda não foram incluídos no Aplicativo off-line do Cadastro Único – Versão 6.05.

- Realizar todas as inclusões, alterações e/ou exclusões no Aplicativo off-line do Cadastro Único.

- Efetuar a extração e transmissão dos arquivos para a base nacional do Cadastro Único, por meio da Conectividade Social, até o primeiro sábado do mês subseqüente ao da capacitação operacional.

ATENÇÃO: após o início das atividades na Versão 7.3 do Sistema de Cadastro Único, todo e qualquer arquivo transmitido para a base nacional do Cadastro Único por meio da Conectividade Social não será processado e retornará automaticamente rejeitado com a seguinte mensagem “Prefeitura migrada para a Versão 7”. O município poderá utilizar o Aplicativo off-line do Cadastro Único – Versão 6.05 exclusivamente como fonte de consulta.

Quais municípios já migraram para a versão 7 do Cadastro Único?

No Portal do MDS está disponível a lista dos municípios que já migraram para a versão 7 do Cadastro Único no seguinte caminho: www.mds.gov.br – Bolsa Família – Cadastro Único. Ao final da página no menu “ Sistemas” clique em “Sistema do Cadastro Único”.

O que o município deve fazer caso tenha solucionado a pendência quanto à conectividade e tenha interesse em migrar para a V7?

O município deverá encaminhar ao MDS um ofício assinado pelo Gestor relatando que “possui a infraestrutura de conectividade (internet) exigida pelo MDS e que tem interesse de entrar na próxima lista de migração”.

O ofício poderá ser encaminhado via fax para o número (61) 3433-3693 ou enviado como anexo no e-mail fernando.eleto@mds.gov.br.

Como o município deverá proceder em caso de problemas de acesso ao módulo de consulta na Versão 7?

O problema de acesso ao módulo de consulta da V7 deverá ser verificado junto ao Suporte Operacional da CAIXA por meio do número: 0800-7260104.

Caso a situação não seja resolvida nesse canal de atendimento, é necessário encaminhar o problema para Regional da CAIXA, a qual atende o município, informando o número do protocolo do atendimento aberto no contato.

Como obter mais informações acerca da implantação da Versão 7.3 do Cadastro Único?

Para mais informações, é necessário consultar a Instrução Operacional nº 38 de 01 de dezembro de 2010 e o Informe para Gestores Nº 245.

A Instrução Operacional que está disponível no Portal do MDS na página destinada ao Programa Bolsa Família. No menu “ Saiba Mais” selecione a opção “ Legislação”. Na página seguinte clique em “Instruções Operacionais” em seguida, selecione o ano e arquivo desejado.

Para acessar o Informe, é necessário selecionar a opção “Bolsa Família Informa” no menu “ Saiba Mais” e em seguida  em “ Informe Gestores”.

Como proceder em caso de dúvidas relativas à operacionalização do aplicativo do Cadastro Único?

Para o esclarecimento de dúvidas relativas à operacionalização do aplicativo do Cadastro Único, o município deverá entrar em contato com o Suporte Tecnológico da CAIXA, pelo telefone 0800 726 0104.

É muito importante que o demandante tome nota do nome do técnico responsável pelas orientações, além do dia e horário do contato.
 

Caso a sua dúvida não tenha sido esclarecida,
envie seu e-mail clicando aqui.




 
Ações do documento
MDS.gov.br
Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome
Licitaçs e Contratos Certificaçço Editais Sesan Destaques Selo Transparêia Púa
Imagem