0800 707 2003
0800 707 2003

Ir para o conteúdo. Ir para a navegação

Imagem
Imagem

Cadúnico - Verificação

Como saber se a família foi beneficiada pelo PBF?
Caso a(o) cidadã(o) entre em contato para saber se foi beneficiada(o) pelo Bolsa Família, primeiramente é preciso saber como está a situação do cadastro. Em qualquer dos casos, é o setor responsável pelo PBF no município que tem condição de alterar a situação cadastral da família e corrigir quaisquer erros que possam ter ocorrido.

A(o) cidadã(o) que não sabe o número do NIS, siga os procedimentos:
  • Abrir o SIBEC;
  • Clicar em Consulta => Benefício por família ou beneficiário (ambos direcionarão para o SIISO);
  • Clicar na lupa;
  • Sistema abre a janela do SIISO => Digitar nº. de documento do demandante;
  • Clicar em Localizar e depois em Transportar => Sistema volta para o SIBEC e informa se há ou não benefício.

Como proceder no caso do Benefício estar liberado?
Informar o nº. de NIS e dizer como é o procedimento para recebimento do cartão. A Caixa enviará pelos Correios a todos os novos beneficiários o cartão, junto com uma carta e um Termo de Responsabilidade a ser assinado, onde constarão informações importantes sobre o Programa Bolsa Família.

A entrega pode ser feita de duas formas:

(a) Município que tem entrega porta a porta (quando os Correios fazem entrega nas residências):
Novo beneficiário, ao receber a carta, deve ir até a qualquer agência da Caixa para entregar o Termo de Responsabilidade assinado e cadastrar a senha do novo cartão. Após a senha cadastrada o saque pode ser feito em qualquer posto de pagamento.

(b) Município em que as pessoas vão buscar cartas/cartão no posto dos Correios (posta restante):
Buscar a carta com o cartão no posto dos Correios e ir até qualquer agência da Caixa para cadastrar a senha e entregar o Termo de Responsabilidade assinado. A partir da senha cadastrada, o saque pode ser feito em qualquer posto de pagamento.

Se não há agência da Caixa no município, procure o setor responsável pelo PBF no município, com o nº. do NIS e os documentos da família para que ele peça à Caixa para que um técnico (equipe móvel) vá até o município para cadastrar senhas das famílias.

Como proceder, no caso de Benefício não estar liberado?
Consultar o SIISO para verificar a situação do cadastro da família: processado, ativo e atualizado.

(a) Cadastro foi feito há muito tempo (Considere cadastro há mais de 1 ano).

Verificar com o demandante qual o valor da renda da família e quantas pessoas foram cadastradas. Se a renda por pessoa for mais de R$ 140,00, a família não tem direito a receber o benefício. Se ela se enquadrar nos critérios, pedir para procurar o setor responsável pelo PBF no município, portando os documentos de todos os membros da família para atualizar os dados do cadastro. NÃO INFORMAR O Nº. DO NIS, se for localizado.

(b) Cadastro em tempo regular (Cadastro feito de 6 meses a 1 ano) e Cadastro recente (Cadastro feito há menos de 6 meses).

Neste caso, a família pode não ter perfil para o Programa Bolsa Família, a partir dos dados inseridos no cadastro pelo setor responsável pelo PBF, ou o município pode ter atingido sua meta, isto é, no momento, não há espaço para que novos benefícios sejam concedidos a outras famílias pobres.

Mesmo que o cadastro esteja correto, é necessário aguardar.

Caso o cidadão tenha dúvidas sobre o cadastro, procurar o setor responsável pelo PBF no município, portando os documentos de todos os membros da família. NÃO INFORMAR O Nº. DO NIS, se for localizado.

(c) Cadastro recente (Cadastro feito há menos de 6 meses).

Cadastros feitos recentemente podem não ter repercutido na base nacional e, por isso, não podem ser habilitados para concessão do Programa Bolsa Família.

Instruir o beneficiário a aguardar para que o sistema possa receber os dados da família enviados pelo município e fazer a análise dos dados.

Caso o cidadão tenha dúvidas sobre o cadastro, procurar o setor responsável no município, portando os documentos de todos os membros da família. Ver FAQ BNF – CADASTRO_INCLUSÃO (prazo para receber benefício). NÃO INFORMAR O Nº. DO NIS, se for localizado.

(d) Se a família está dentro do critério de renda per capita (por pessoa) estabelecida pelo PBF.

É necessário verificar se a família está dentro do perfil do Bolsa Família:
  • Famílias com renda de até R$ 70,00 por pessoa;
  • Famílias com renda de R$ 70,01 a R$ 140,00 por pessoa, com crianças de 0 a 15 anos.

Qual é o limite de consulta nos sistemas para beneficiários?
Realizar a consulta, estipulando como limite, a consulta de no máximo três consultas aos sistemas por atendimento.

O limite de consultas nos sistemas é de no máximo três consultas por atendimento. Esse limite se deve ao fato de estarmos com uma grande quantidade de ligações na Central. Por isso, solicitamos sua compreensão.


Caso a sua dúvida não tenha sido esclarecida,
envie seu e-mail clicando aqui.
Ações do documento
MDS.gov.br
Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome
Licitaçs e Contratos Certificaçço Editais Sesan Destaques Selo Transparêia Púa
Imagem